Articuladores Visitantes

Articulando a Cultural!!!

Aqui você encontra o que tem rolado de cursos, editais, festivais, encontros, palestras e todos os tipos de manifestações artística!!!

Fique de olho!

CADASTRE SEU GRUPO.
AJUDE-NOS A DIVULGAR A CULTURA
articulacaocultural@hotmail.com

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Palestra do diretor Alexandre Fávero, da Cia Teatro Lumbra de Animação

 Serviço
O quê: Palestra do diretor Alexandre Fávero, da Cia Teatro Lumbra de Animação
Quando: 19/05, às 19h30
Onde: Espaço 2 do Departamento de Artes Cênicas (DAC) do CEART
Evento gratuito e aberto ao público


A renomada companhia internacional, representada pelo diretor Alexandre Fávero, especialista em teatro de sombras e pesquisador dessa linguagem em suas amplas formas dramatúrgicas contemporâneas, estará em Florianópolis entre os dias 09 e 19 de maio de 2011. A vinda desse expoente brasileiro da arte da animação é uma iniciativa da turma X da disciplina de Montagem Teatral I, orientada pelo Prof° Paulo Balardim, da Universidade do Estado de Santa Catarina.
A temática de montagem da turma orbita sobre a Odisséia, de Homero: uma das mais importantes obras literárias do ocidente. A aproximação da encenação com a linguagem do teatro de sombras será o mote da oficina ministrada exclusivamente para os alunos da disciplina e para o Grupo de Estudos de Teatro de Animação da UDESC, coordenado pelo Prof° Valmor Nini Beltrame.
De acordo com Paulo Balardim, o fato de Fabiana Lazzari de Oliveira, acadêmica da UDESC, acolher o trabalho de Alexandre Fávero como objeto de sua dissertação de mestrado, aliado ao seu engajamento na disciplina de Montagem Teatral, facilitou a concretização da proposta dessa oficina. Entretanto, explica Balardim "para que todos os alunos do CEART possam conhecer o trabalho da Cia Teatro Lumbra de Animação, bem como a nova pesquisa “Dramaturgia da Sombra” de Alexandre Fávero, haverá uma palestra-demonstração aberta ao público no dia 19 de maio, às 19h30, no espaço 2 do Departamento de Artes Cênicas.". Vale destacar que a pesquisa de Fávero é financiada pelo FUMPROARTE de Porto Alegre.